SGU

Munícipio de VRSA Participa no 39º Colóquio Nacional da ATAM

06/11/2019

O Município de Vila Real de Santo António participou hoje, dia 5 de novembro, no 39º Colóquio Nacional da ATAM – Associação de Trabalhadores da Administração Local.

 

 

Na sessão, que decorreu em Sesimbra, foram abordadas áreas temáticas como a Descentralização de Competências nos Municípios, o Regime Jurídico do Alojamento Local ou a Gestão de Capital Humano nos Municípios, entre outros.

No âmbito da Aplicação da Inteligência Artificial nos Municípios, o vice-presidente da autarquia de VRSA, Luís Romão, apresentou o projeto iTaxas, o qual prevê a agregação de três plataformas que contribuirão para uma gestão mais inteligente do território, caminhando para a implementação do conceito das chamadas smart cities.

A iniciativa assenta em 4 pilares - eficácia, eficiência, rigor, transparência e economia –e pretende uma melhor gestão, monitorização e controle de custos.

No colóquio, o vice-presidente da Câmara Municipal de VRSA, Luis Romão, deu também a conhecer o projeto da Eurocidade do Guadiana - constituída pelos municípios de Ayamonte (ES), Castro Marim e Vila Real de Santo António (PT).

A Eurocidade assume-se como uma entidade que pensa e trabalha de forma estratégica o desenvolvimento sustentado do território e é uma excelente oportunidade para dar resposta ao conjunto de dificuldades derivados da situação periférica e limitações orçamentais dos municípios e onde a Aplicação da Inteligência Artificial e as formas de e-government podem contribuir para suprir ou mesmo ultrapassar estes desafios.

Para Luís Romão, também diretor da Eurocidade do Guadiana, «a Eurocidade é, por excelência, o espaço ideal para a implementação de um laboratório de experiências a este nível, a qual deve contar com os contributos das empresas e entidades públicas».

«Há um longo caminho a percorrer, mas se todos acreditarmos e nos empenharmos no seu desenvolvimento, tenho a certeza de que, a médio prazo, a Eurocidade do Guadiana será determinante para conseguirmos um território mais consistente, competitivo, desenvolvido e solidário, em que os cidadãos se sintam integrados», prossegue Luís Romão.

Criada em janeiro de 2013, a Eurocidade do Guadiana foi inicialmente constituída pelos municípios de Ayamonte e Vila Real de Santo António. Na sequência das relações de proximidade territorial e cultural existentes, o concelho português de Castro Marim juntou-se à Eurocidade em maio de 2013

A presidência da Eurocidade é atribuída rotativamente a cada um dos municípios por um período de dois anos. Para o biénio 2019-2020 a presidência do organismo é liderada pelo Município de Ayamonte.

mySGU